4 mentiras que te contaram sobre aprender inglês

4 mentiras que te contaram sobre aprender inglês

American Insight No Comment
Posts

Chegou o tão esperado dia primeiro de abril! April Fool’s Day, o dia da mentira, o momento em que você fica mais atento para não cair em nenhuma pegadinha ou jogada de amigos e familiares. Aqui na American Insight nós adoramos brincadeiras, mas se tem uma coisa que não conseguimos aceitar são as mentiras que contam sobre o aprendizado do inglês. Listamos as 4 piores que já te falaram em algum momento. Confira!

1 – Aprender inglês não vai mudar a sua vida profissional!

MENTIRA! Segundo estudo da Catho, especializada na inserção no mercado de trabalho no Brasil, a faixa salarial de um profissional que domina o idioma chega a ser 70% maior de quem ainda passa aperto para se comunicar em inglês.

2 – Você não precisa definir uma meta!

MENTIRA! Cada aluno possui um objetivo particular para aprender Inglês e isso varia bastante. Tem pessoas que estudam para desenvolver a leitura de, por exemplo, textos técnicos e podem até dispensar a fluência oral. Outros precisam ter um conhecimento mais amplo porque estão buscando uma promoção em uma empresa e precisarão fazer apresentações, participar de reuniões e até negociar em inglês.  Trace um plano detalhado para saber quais são as suas necessidades. O conceito de sucesso é relativo, pois varia de acordo com o objetivo de cada um. Aquilo que para mim é uma meta alcançada, para outra pessoa, pode significar, por exemplo, apenas a metade do caminho. O meu “inglês fluente” pode não ser o mesmo que o seu.

3 – Você precisa morar fora para ser fluente.

MENTIRA! Morar fora do país requer inúmeros planejamentos e condições, não é simplesmente querer morar. Existem diversas pessoas que nunca moraram em um país de língua inglesa e são fluentes em inglês. Existem também pessoas que moraram anos fora e não são nada fluentes. Claro que morar em um país de língua inglesa ajuda você desenvolver o aprendizado.  Para ser realmente fluente você deve estudar, se envolver com a língua e dedicar-se à ela. Isso você consegue fazer morando aqui mesmo no Brasil, mas se optar pela experiência no exterior, a American Insight tem uma parceria para te levar à Califórnia e aprender em nossos parceiros da Connect English.

4 – Inglês é difícil e chato

MENTIRA! Dificuldade é o modo como as pessoas insistem aprender ou ensinar inglês no Brasil: um monte de regras e mais um monte de palavras soltas. Aprender inglês dessa forma antiga é uma tormenta ao cérebro criativo. O aprendizado da língua se torna na verdade um teste de memória. Você decora uma série de regras e palavras, muitas vezes sem nexo algum, e tenta usar a língua matematicamente (como se fosse um quebra cabeça). Quem tiver uma memória melhor para lembrar de tudo irá se sobressair nos estudos. Esse ensino engessado é o que torna a língua inglesa difícil, chata, cansativa, morosa. Para mudar isso, é preciso mudar o jeito como você aprende inglês, por isso, aqui na American Insight buscamos sempre novas formas de inovar, seja trazendo realidade virtual ou até robótica para as nossas aulas. Conheça mais sobre os nossos cursos online e presenciais.

Deixe um Comentário